• As proporções da Beleza - Avaliação Facial para Procedimentos de Embelezamento e Rejuvenescimento

As proporções da Beleza - Avaliação Facial para Procedimentos de Embelezamento e Rejuvenescimento

  • Editora: MANOLE
  • Autor: GLAUCO
  • R$174,00


SUMÁRIO

CAPÍTULO 1

FUNDAMENTOS DA AVALIAÇÃO ESTÉTICA DA FACE 19

Introdução 19

Beleza facial – da subjetividade à objetividade 21

A beleza está nos olhos de quem vê?

Nós olhamos com nossos olhos, mas enxergamos com o nosso cérebro

A entrevista do paciente 23

A avaliação do médico 23

Pontos anatômicos de referência 24

Larguras da face 26

Forma facial 27

Índice facial 28

Divisão em linhas verticais 29

Divisão em linhas horizontais 30

Simetria 31

O plano de Frankfurt 32


14AS PROPORÇÕES DA BELEZA


Golden ration – proporção áurea 32

Antropometria craniofacial 34

Diferenças gerais entre o rosto masculino e o feminino 35

Referências 37


CAPÍTULO 2


TERÇO SUPERIOR DA FACE 41

Introdução 41

Fronte e região temporal 41

Sobrancelhas 44

Pálpebras 48

Olhos 50

Análise do terço superior da face de acordo com a proporção áurea 50

Referências 51


CAPÍTULO 3


TERÇO MÉDIO DA FACE 55

Introdução 55

Larguras da face 57

Largura bitemporal (Ft-Ft)

Largura bizigomática (Zy-Zy)

Largura bigonial

Largura do queixo

Simetria da região malar 58

Convexidade e transição para outras unidades estéticas faciais 58

Localização da eminência malar (ponto de luz) 58

Método das linhas de Hinderer

Método de Wilkinson

Método de Silver ou triângulo da proeminência malar de Silver

Método de Powell

Método de Prendergast e Schoenrock

Método de Swift e Remington

Método de Linkov

Método do arco da beleza de Marianetti et al.

Consideração geral da localização do ponto de luz

O terço médio nos homens 63

Referências 64


15HITALO SIQUEIRA


CAPÍTULO 4

NARIZ 67

Introdução 67

Relação do nariz com o terço superior

Relação do nariz com o terço médio

Relação do nariz com o terço inferior

Visão frontal do nariz 68

Simetria

Linha estética sobrancelha-ponta nasal

Larguras

Ponta nasal

Índice nasal

Avaliação do perfil nasal 71

Perfil do radix nasal

Projeção do násio

Ângulos na avaliação estética do perfil nasal

Dorso nasal

Perfil da ponta nasal e projeção nasal

Métodos de análise da projeção nasal 77

Crumley e Lanser

Baum ratio modificado por Powell e Humphreys

Método de Goode

Método de Simons

Método de avaliação de Byrd e Hobar

Conceitos importantes

Base nasal 80

Visão em perfil

Referências 81


CAPÍTULO 5


TERÇO INFERIOR DA FACE 85

Introdução 85

Avaliação da maxila 87

Avaliação vertical da maxila

Sorriso gengival

Avaliação da maxila no plano sagital (anteroposterior)

Avaliação dos lábios 89

Avaliação da projeção labial no plano sagital

Proporção áurea 92


16AS PROPORÇÕES DA BELEZA


Sulco mentolabial 94

Avaliação da oclusão dentária de acordo com Edward H. Angle 94

Diagnóstico da projeção da mandíbula em perfil 95

Método do meridiano zero de González-Ulloa

Plano de Riedel

Linha de Merrifield

Método proposto por Silver

Método de Legan

Wolford et al.

Gibson e Calhoun

Método de Goode

Ângulo facial de Holdaway

Contorno facial inferior 100

Referências 102


CAPÍTULO 6


AVALIAÇÃO DO ENVELHECIMENTO FACIAL 107

Introdução 107

Envelhecimento por camadas 107

Pele 108

Camada subcutânea 109

Compartimentos de gordura superficiais

Compartimentos de gordura profundos

Mudanças nos compartimentos de gordura 112

Músculos faciais 113

Septos e ligamentos retentores 113

Estrutura óssea facial 116

Terço superior 118

Terço médio 119

Terço inferior 120

Referências 121


CAPÍTULO 7

CHECKLIST PARA AVALIAÇÃO FACIAL 125



SINOPSE

Ao vislumbrarmos uma face bela, o que atrai a nossa atenção e gera uma sensação de deleite, admiração e prazer é o conjunto das estruturas e a relação entre elas, ou seja, a harmonia facial se traduz nas proporções entre as estruturas faciais. Avaliar uma face não se limita a perceber defeitos aparentes, como rugas, sulcos ou depressões; vai muito além de seguir regras matemáticas ou modelos pré-definidos e engessados. Envolve a percepção da relação entre as estruturas faciais e seu envolvimento em um processo dinâmico de envelhecimento.

Existe ciência na percepção ou na avaliação da beleza?

Como analisar uma face de forma a propor um tratamento embelezador?

As opiniões do avaliador e do paciente são suficientes para que o resultado da intervenção seja harmônico?

Por que um componente facial, mesmo que isoladamente belo, pode não se adequar bem a uma determinada face?

Existem formas cientificamente descritas de como abordar os terços faciais, o nariz, o formato facial e o envelhecimento facial?

Como o conhecimento do processo de envelhecimento pode ajudar no rejuvenescimento e no embelezamento facial?

Com muitas fotos e ilustrações, este livro discute esses questionamentos com uma linguagem objetiva e prática e fornece uma base para a avaliação facial voltada para a realização de procedimentos estéticos.

Mais Informações
Título AS PROPORCOES DA BELEZA - AVALIACAO FACIAL PARA PROCEDIMENTOS
Autor(a) GLAUCO
ISBN 9786555761689
Edição/Ano 1/2021
Número de Páginas 128
Capa BROCHURA
Dimensões 21X28X2

Escrever Comentário

Por favor faça seu Login ou Cadastre-se para faze um comentário.

Tags: as, proporcoes, da, beleza, avaliacao, facial, para, procedimentos